Como estudar em boas escolas com bolsa de estudo

Como estudar em boas escolas com bolsa de estudo: professora dando aula para os alunos.
Saiba como estudar em boas escolas com bolsa de estudo

Todo pai e mãe deseja encontrar uma escola com infraestrutura adequada, que faça uso da tecnologia na sala de aula, prepare o aluno para o Enem, tenha professores qualificados e seja uma boa referencia. Além desses fatores, o valor da mensalidade pode ser o principal e determinante para matricular ou não a criança. E se não cabe no orçamento, as andanças e pesquisas de escola em escola continuam. Mas, a melhor notícia é que existe a possibilidade de como estudar em boas escolas com bolsa de estudo.      

A alternativa das bolsas de estudo ajuda a economizar no orçamento familiar e garantir a boa educação dos filhos em uma instituição confiável. Há diversas formas de conseguir esse benefício em uma escola particular como bolsas integrais e parciais por meio iniciativas da própria instituição, programas de inclusão social e educacional, e até mesmo a prática de conversar com a direção da instituição sobre um possível desconto (esse último não muito eficaz).

O que fazer para conseguir bolsa de estudo em uma escola?

Algumas escolas particulares concedem bolsas de estudo que podem ser bolsas por mérito e bolsas por renda familiar. Saiba como conseguir bolsas de estudo:

  • Bolsa mérito: uma forma de estimular o estudante que se destaca pelo desempenho e ainda beneficiar com um desconto nas mensalidades ou conceder a isenção das parcelas mensais.
  • Bolsa por renda familiar: a partir de uma análise socioeconômica da família do aluno pode ser concedida uma bolsa parcial ou uma bolsa integral.

Como estudar em boas escolas com bolsa de estudo

Matricular os filhos em uma escola particular não está na possibilidade de muitas famílias, além disso pode-se gerar dúvidas quanto a confiabilidade quando se encontra uma oportunidade muito boa. Por isso, aqui, você encontra sites de bolsas de estudo e programas em parceria com escolas privadas que estão há bastante tempo desenvolvendo o lado social e comunitário ao ofertar descontos nas mensalidades.

Educa Mais Brasil

É possível conseguir bolsas de estudo em escolas parceiras do Educa Mais Brasil.O programa fica com inscrições abertas durante todo o ano para berçário, ensino infantil, ensino fundamental e ensino médio. É possível conseguir um desconto de 50% em escolas parceiras do programa. A inscrição no Educa Mais Brasil deve ser feita pelo site educamaisbrasil.com.br.

Quero Escola

O site Quero Escola também oferta bolsas de estudo parciais e para conseguir uma basta selecionar a instituição com o desconto ideal, solicitar a reserva da vaga e fazer o pagamento do boleto de pré-matrícula. Após isso receberá a confirmação da bolsa efetivada.

Mais Bolsas

Programa de bolsas de estudo que incentiva o acesso a educação por meio de bolsas parciais para o ensino básico. A inscrição é feita totalmente online e o estudante pode conseguir uma bolsa de 50% de desconto.

Melhor Escola

É um buscador de escolas que também oferta descontos em instituições parceiras. As bolsas são para berçário, ensino infantil, fundamental e médio. O desconto é válido até o final da etapa de ensino.

Estude por Menos

Portal de bolsas de estudo que disponibiliza cupons de descontos. A porcentagem dos descontos é variável e possui uma cobertura de instituições parceiras em todo Brasil.

O que observar na escola antes de realizar a matricula

Como estudar em boas escolas com bolsa de estudo: sala de aula com cadeiras.
É importante fazer uma visita na instituição de ensino para observar as condições da estrutura.

Antes de realizar a matrícula escolar, alguns fatores devem ser observados em todos os níveis da educação básica: infantil, fundamental e médio. Outra dica é dar uma pesquisada nas disponibilidade de bolsas de estudo para escolas em 2019.

  • Observar a estrutura da instituição como sala e banheiros, se estão adequadas a faixa etária. Vale ressaltar, que as escolas devem ter rampas, banheiros adaptados, portas largas para facilitar o acesso de deficientes físicos e cadeirantes.
  • Quantidade de profissionais que a instituição possui para atender as crianças de cada faixa etária. Um exemplo, crianças de até quatro anos devem estar sob supervisão de um professor(a) e um(a) auxiliar de sala, conforme exigido por lei.
  • Ao visitar uma escola de ensino infantil verificar a quantidade de crianças em cada sala, a conservação e quantidade dos brinquedos, e higiene dos espaços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *