Educa Mais Brasil Ensino Fundamental

Educa Mais Brasil Ensino Fundamental: sala de aula com professor e alunos com um tablet.
Pelo Educa Mais Brasil Ensino Fundamental é possível conseguir bolsas de estudo em escolas parceiras do programa.

Escolher a escola certa para os seus filhos implica em proporcionar qualidade de ensino, mas também com mensalidades que cabem no bolso, principalmente quando se trata de uma das maiores etapas da educação básica. Para tornar a educação mais acessível as bolsas de estudo do Educa Mais Brasil Ensino Fundamental ficam disponíveis para ajudar na formação tão necessária na vida de um estudante.

Regulamentado pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDB), 1996, no ano de 2008 o ensino fundamental passou a ser dividido em dois grupos: anos iniciais ou ensino fundamental I e anos finais ou ensino fundamental II. Essa etapa, que vem depois do ensino infantil, tem duração de nove anos com carga-horária mínima de 800 horas anuais (distribuídas em pelo menos 200 dias letivos efetivos). Essa etapa compreende crianças de 6 a 14 anos.

Educa Mais Brasil Ensino Fundamental I

Após o ensino infantil, é a etapa que as crianças iniciam com processo de alfabetização e aprendem a ler e escrever. Funciona como uma base para outras etapas da formação educacional e desenvolve a criança tanto no quesito acadêmico quanto no pessoal e social.

Educa Mais Brasil Ensino Fundamental II

Do 6º ao 9º ano o aluno aprenderá conteúdos com maior complexidade aprofundando os conhecimentos adquiridos no ensino fundamental I. Terá um amadurecimento intelectual para chegar no ensino médio.

Ensino Fundamental com bolsas de estudo

O Educa Mais Brasil abrange bolsas de estudo para todos os ciclos na educação básica. Diversas escolas parceiras ao programa possuem o ensino fundamental.

Conheça os tipos de ensino nas escolas particulares

Antes de escolher uma instituição saiba quais são os tipos de ensino que podem oferecer:

Comportamentalista

As escolas que adotam esse tipo de ensino têm o objetivo modificar comportamentos prejudiciais no convívio em sociedade para positivos. Esse tipo de aprendizado defende o condicionamento do comportamento dos indivíduos.  Nesse método, os professores detêm o conhecimento e são responsáveis por ensinar os assuntos compatíveis com cada série.

Construtivista/Cognitivista

As instituições trabalham com a criação de condições, situações, experimentações e atividades que estimulam os estudantes para que através da interação construam seus saberes. A teoria defende que o papel do professor deve ser de orientador e mediador do processo de aprendizado que será formado a partir da interação entre os alunos e o meio.  

Democrática

A principal característica dessa proposta pedagógica é o fato dos alunos não terem ‘obrigação’ de estarem presentes na sala de aula. O estudante tem a flexibilidade de poder escolher quais atividades deseja realizar, conforme as necessidades e interesses individuais e do grupo. O conteúdo ensinado é padrão e segue um cronograma pré-estabelecido pela instituição.

Freireana

Conhecida como Método Paulo Freire, tem como base os fundamentos defendidos pelo pedagogo Paulo Freire, um dos principais pensadores mundiais dessa área. Esse tipo ensino utiliza como ponto de partida a linguagem e o diálogo, por ser dinâmica, a prática se faz e refaz a partir da interação entre professores e estudantes.

Humanista

A modalidade de ensino é baseada na Teoria Humanista que tem foco principal no estudo da particularidade, complexidade e singularidade, motivos e interesses de cada pessoa. Tem semelhanças com alguns pontos com teorias construtivistas.

Interacionista

Essa metodologia tem como principal teórico o psicólogo Jean Piaget. Ela se caracteriza por defender que o processo de desenvolvimento dos seres humanos resulta de fatores orgânicos e ambientais. Ou seja, uma combinação de fatores objetivos e subjetivos que fazem parte do cotidiano do aluno.

Lúdica

Escolas que atuam no ensino infantil e ensino fundamental costumam utilizar a metodologia lúdica. Promove o ensino-aprendizagem através do uso da imaginação e da diversão por meio de jogos e atividades lúdicas. Os desenvolvimentos motores, sociais, afetivos e psicológicos são trabalhados, principalmente aos ligados a comportamento. 

Montessoriana

Esse método traz a importância dos cincos sentidos: visão, audição, tato, olfato e paladar para o processo de ensino-aprendizagem. A partir disso, o aluno constrói o aprendizado de forma espontânea a partir das suas experiências vivenciadas. A base dessa metodologia é o potencial criativo das crianças e busca inter-relacionar a atividade educacional, liberdade e individualidade.

Sociointeracionista

Desenvolvido por Lev Semyonovich Vygotsky. Nesse tipo de ensino o aluno não é apenas o sujeito da aprendizagem, mas também aprende com o outro aquilo que seu grupo social produz. Já o professor tem o papel de promover avanços dos alunos, criando o que ele chamava de zonas de desenvolvimento proximal.

Tradicional

Direcionada para a formação intelectual e moral de crianças, jovens e adultos. O método tradicional traz referência da escola como local oficial da transmissão do conhecimento, a sala de aula como um ambiente voltado unicamente para o processo ensino-aprendizagem, os professores como a autoridade e os alunos como receptores de tudo que lhes são ensinados.

Waldorf

Voltado para o ensino infantil que utilizam meios como às artes, música e outras formas para promover a interação entre os alunos. Essas instituições avaliam de forma contínua e diversificada, não se dão por meio de notas, e sim permitem que os alunos não se sintam pressionados a aprender.

Inscrição Educa Mais Brasil Ensino Fundamental 2019

O processo de inscrição do Educa Mais Brasil é bem simples. No site do programa, depois de escolher a modalidade Educação Básica, possibilita fazer uma busca personalizada por meio de filtros: cidade/estado, série pretendida, escola, turno, etc. Após as seleções dos itens, será apresentado uma relação de instituições parceiras com o programa com bolsas de 50% de desconto nas mensalidades.

O requisito para conseguir uma bolsa de estudo para o ensino fundamental é não ter condições de arcar com as mensalidades escolar. Com a bolsa escolhida, chegou a hora de realizar o cadastro no programa. Essa etapa solicita, por meio de um formulário, informações pessoais e do estudante como: nome, CPF, e-mail, telefone do responsável pela criança, nome do aluno, última escola que estudou, como conheceu o programa, entre outras informações. 

Após confirmar a inscrição, a próxima etapa é acompanhar a aprovação do benefício pelo Portal do Aluno Educa Mais Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *